topo

facebook

mais saúde

29-04-2016

Peri - Menopausa. "O que me aguarda?"



A peri-menopausa pode ter uma duração de 4 a 7 anos e antecede a menopausa, a qual é diagnosticada quando a mulher não é menstruada num período de mais de um ano consecutivo. Nesta fase o fluxo menstrual pode ser mais ou menos abundante e a menstruação mais ou menos regular. A idade média para a peri-menopausa é de 46 anos, enquanto que para a menopausa é de 51 anos .

A atitude correta a assumir no período da peri-menopausa é encará-la como uma fase de transição natural, de forma positiva, aprendendo a lidar com os sintomas. Há uma variedade interessante de suplementos vitamínicos e medidas de fitoterapia para minimizar os sintomas. Se ainda assim não estiverem controlados, é possível aconselhar-se com o seu farmacêutico ou médico assistente quanto à introdução de terapêutica de substituição hormonal, a qual, sendo de baixa dosagem e apenas temporária não representa, na generalidade dos casos, um risco para a saúde.

Como posso ter certeza que estou na peri-menopausa? O primeiro sinal tem de estar indubitavelmente presente: uma alteração no seu ciclo menstrual. O fluxo menstrual pode tornar-se mais ou menos abundante; o ciclo pode passar a durar menos de 21 dias ou processar-se de 2 em 2 meses por exemplo; a menstruação pode ser mais curta ou mais longa, podendo perdurar várias semanas no ciclo. Além disto estão os sintomas como os afrontamentos, suores noturnos, insónia, alterações de humor, palpitações, enxaquecas, diminuição da líbido, secura vaginal, falhas de memória, aumento de peso corporal significativo, entre outros. A boa notícia é que, após um período de mais de um ano sem ser menstruada, os sintomas tornam-se tendencialmente mais leves2.

Como distinguir esta sintomatologia da que ocorre na síndrome pré-menstrual (SPM)? Apesar da sintomatologia ser comum, a sua incidência no caso da SPM é na segunda fase do ciclo ou duas semanas antes da menstruação, enquanto que na peri-menopausa a incidência dos sintomas é independente da fase do ciclo menstrual, ciclo este que pode não ser tão bem definido .

A peri-menopausa não é diagnosticável com testes sanguíneos, da saliva, etc., apenas com uma boa reconstituição da história clínica e o exame físico . Contudo, é possível ir monitorizando o nível de hormona folículo estimulante (FSH). É com o teste de deteção de níveis significativamente elevados de FSH que a podemos ajudar a identificar um estado de peri-menopausa, recorrendo a uma simples amostra da primeira urina da manhã, mais concentrada em FSH. Uma vez aplicada no teste, a amostra de urina reage com os anticorpos anti-FSH, formando uma banda colorida na zona de teste (T) num teste positivo (deve verificar-se na zona de controlo (C) uma segunda banda colorida indicando que o teste foi realizado em condições corretas) .

Ao longo da sua vida, melhora enquanto Mulher. Basta ter a atitude espiritual, emocional e física de que vai sair-se ainda melhor nos próximos 40 anos da sua vida! Concentre-se em aprender a viver na fase da peri-menopausa, e assim que atingir a
menopausa, e o perfil hormonal estabilizar, pode, definitivamente, ser tremendamente criativa, seguir em frente, ter uma experiência positiva e fazer com que cada dia conte!

‹‹ voltar

newsletter

autorizo termos do registo autorizo termos do registo
Mapa do site | FAQ’S |
Compra e Entrega de Medicamentos | Como comprar | Como enviar | Como pagar | Confirmação e Cancelamentos | Devoluções | Política de privacidade | Termos e Condições

CONTACTOS

Rua dos Bombeiros nº50 - 52
4730 - 752 Vila Verde
Portugal

Telefone:
253 353 020

Email:
geral@farmaciafatimamarques.pt

Marques e Marques Healthcare, Lda.
NIF: 513341080

Direção Técnica: Drª Maria Fátima Barreira Marques
Farmácia Fátima Marques © copyright 2022 | Todos os direitos reservados | Livro de reclamações | handmade by brainhouse